Monte Verde

O que fazer em Monte Verde – Guia Completo

Tudo sobre o que fazer em Monte Verde e um guia completo para a sua viagem.

O que fazer em Monte Verde

Monte Verde é um pequeno distrito (os moradores chamam até de “vila”) dentro da cidadezinha de Camanducaia, na Serra da Mantiqueira, no Sul de Minas Gerais. Está a 484 km da capital do estado, Belo Horizonte, e a 163 km da cidade de São Paulo.

Ela é muito procurada por mineiros e paulistas também pois fica muito próximo de São Paulo. É um destino super gostoso para visitar, principalmente em casal. A vila tem construções e um estilo europeu (por isso é conhecida como a Suíça Mineira) que dão um charme ao lugar, e com o friozinho que quase sempre está por lá, é um lugar perfeito para uma viagem a dois.

Nesse post você encontra um guia completo de Monte Verde: como chegar, quando ir, onde se hospedar, o que fazer e quanto tempo ficar em Monte Verde!

Curte as nossas dicas? Então já segue o @doisviajando no Instagram e acompanhe nossas viagens em tempo real!

Como chegar?

Você tem duas opções para ir a Monte Verde: de carro ou de ônibus. Se você escolher ir de carro e está saindo de Belo Horizonte ou da cidade de São Paulo, basta pegar a Rodovia Fernão Dias (BR 381) sentido Camanducaia e seguir toda vida. Chegando no município, placas guiarão você até o distrito de Monte Verde.

Agora se você escolher ir de ônibus para Monte Verde, você deve pegar um ônibus até Camanducaia e outro de lá para Monte Verde. A Viação Cambuí faz o trecho São Paulo x Camanducaia, e a viagem dura cerca de 2 horas. Já para quem vai sair de Belo Horizonte, a Viação Cometa e a Viação Gontijo fazem o trajeto até Camanducaia, e a viagem dura 7 horas. Do município de Camanducaia, você precisa pegar outro ônibus que levará você até Monte Verde.


Quando ir?

A alta temporada de Monte Verde é no inverno. Isso porque, nessa época, o distrito atinge temperaturas baixíssimas, atraindo aqueles que buscam um clima romântico com muito vinho, queijos e lareira. Porém, mesmo sendo um belo destino para casais, a cidade também é procurada por aqueles que gostam de natureza no geral.

Monte Verde fora do inverno ainda reserva para você diversas trilhas e fondues, e com preços bem mais baixos! Em resumo, não há temporada ruim para visitar!

Onde se hospedar e quanto tempo ficar?

Monte Verde é muito charmoso e conta com ótimas opções de pousadas. Há diversos lugares para se hospedar, principalmente na avenida principal (Avenida Monte Verde). Se você não for de carro, melhor mesmo é se hospedar nessa avenida, pois é ali que os restaurantes e tudo mais se encontram.

Nós ficamos por um final de semana no Esquilo Hotel que não é bem na Av. Monte Verde, mas é super perto dela. O hotel tem uma estrutura que lembra muito as casas alemãs e é bem aconchegante!

Dois a três dias é suficiente para aproveitar o principal de Monte Verde. Mas, caso você pretenda ficar mais tempo, já avisamos que terão passeios diferentes para fazer todos os dias, como veremos abaixo!

Booking.com

O que fazer?

Passear pela Avenida Monte Verde e aproveitar a gastronomia

É na Avenida Monte Verde que estão as charmosas construções estilo europeu. Ali você encontra galerias, lojinhas e muitos restaurantes deliciosos. Monte Verde com certeza irá te conquistar, no mínimo, pela barriga! hahaha

Avenida Monte Verde
Avenida Monte Verde

Deliciosos fondues em ambientes climatizados e com lareiras, chocolate quente e cardápios de salivar. É difícil escolher onde comer em Monte Verde. Por lá você encontra também fábricas de chocolate, como a Gressoney, a mais tradicional da vila.

Nós experimentamos alguns restaurantes como O Caipira e o Boteco Villa Amarela, ambos especializados na culinária mineira. Também conhecemos o Garagem Vemaguet 67, restaurante temático inspirado no automóvel brasileiro produzido pela VEMAG, com pratos variados, de peixes até costelinha. Por fim, fomos no Paulo das Trutas que, como o próprio nome já diz, serve trutas assadas no forno: uma delícia!

Trilhas

Monte Verde é um bom destino também para os amantes da natureza. Na região, diversas trilhas podem ser feitas dentro do Parque Ecológico Verner Griberg. Você pode ir até lá de carro, pois há estacionamento no local por R$25.

Pedra Redonda

A trilha da Pedra Redonda é marcada por subidas e trechos íngremes de dificuldade moderada. Esse esforço é compensado com a vista do topo da pedra, super bonita! Não é preciso guia.

o que fazer em Monte Verde
Vista de cima da Pedra Redonda em Monte Verde

Pedra Partida

A dificuldade da trilha da Pedra Partida é um pouco maior se comparada com a trilha da Pedra Redonda, mas nada de outro mundo. A vista é de todo distrito de Monte Verde, espetacular!

Platô

Essa trilha tem início no Café Platô. Ela é super curtinha e não precisa de guia, pois não é nada difícil. Dela você pode avançar um pouco e chegar no Pico Selado também!

Pico Selado

A trilha do Pico Selado tem mais ou menos 2.5km e é mais difícil que todas as anteriores. É recomendado ir com um guia, pois é necessário saltar uma fenda para chegar no final da trilha. Depois da fenda, além de uma vista linda, você verá uma caixa metálica com um livro dentro onde você poderá assinar seu nome para marcar que esteve lá!

Chapéu do bispo

Essa trilha é curtinha e boa para fazer em família, inclusive com crianças. Não é necessário guia.

Passeios de jipe e quadriciclo

Se você é do estilo mais aventureiro, você pode realizar passeios de jipe ou quadriciclo. Há muitas estradas de terra por lá e, em razão disso, a região é muito procurada também por adeptos do motocross, mountain bike e trilhas off road.

Nós fizemos o passeio de jipe com a empresa Quadriventure e de quadriciclo com a empresa Claudio Passeios, e foi super divertido. Há diversas agências por lá que realizam city tour e passeio para a Cachoeira dos Pretos, por exemplo. No city tour você conhece os principais locais da região, e algumas agências também levam você para conhecer a Pedra Redonda.

Orquidário MV

O Orquidário MV está localizado na Avenida Sol Nascente, 1000 e conta com mais de mil espécies de orquídeas! Além de orquídeas, o local tem muitos cactos, plantas carnívoras, entre outras espécies. O orquidário também oferece cursos e palestras para excursões. Ah, e a entrada é gratuita!

Tirolesa

Para aqueles que gostam de uma adrenalina, tem também uma tirolesa de 70m de altura e quase 1km de extensão total. Ela está localizada na Fazenda Radical, que conta com outras atividades como arvorismo e arco e flecha também. Crianças são bem vindas por lá.

Patinação no gelo e o Bar de Gelo

Para combinar com as temperaturas frias, o distrito conta com uma pista de patinação no gelo na avenida principal. Ela atrai muitos turistas, inclusive crianças, e o valor para meia hora de diversão é de R$60.

Além da pista de patinação, recentemente abriu por lá o Ice Bar Monte Verde. O interior do bar é todo de gelo, com temperaturas abaixo de zero (muito abaixo de zero!). A entrada custa R$70 e você tem direito a dois drinks. O bar está localizado na Av. Monte Verde.

VEJA AQUI MAIS DICAS DE MONTE VERDE

Curte as nossas dicas? Então já segue o @doisviajando no Instagram e acompanhe nossas viagens em tempo real!

E aí, também se encantou com essa cidadezinha? Esse recanto na Serra da Mantiqueira é realmente muito especial e merece sua visita!

VAMOS PLANEJAR A SUA PRÓXIMA VIAGEM?

Aqui tem tudo o que você precisa para começar a se planejar! Se você usar os links aqui do blog, você nos ajuda a continuar nosso trabalho por aqui e não paga nada a mais por isso! 😊

Hospedagem: Booking e AirBnb
Passagens Aéreas Baratas: Skyscanner
Passeios e Ingressos: TourOn e Get Your Guide
Seguro Viagem: Seguros Promo (Código DOISVIAJANDO5 = 5% desconto)
Aluguel de carro: RentCars
Chip de Celular: YesBrasil (Código DOISVIAJANDO = 10% desconto)

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of